quinta-feira, 11 de agosto de 2011





"E que nunca, jamais,
 em tempo algum,
 eu deixe de amar.

Amém!"




Nenhum comentário:

Postar um comentário