quarta-feira, 1 de junho de 2011

 

“Parecia uma menina cheia de fé em tudo aquilo que suspeitava real, embora invisível.”

 

CFA

Nenhum comentário:

Postar um comentário